terça-feira, 12 de agosto de 2008

Título óbvio

"Eu acordei com medo e procurei no escuro
Alguém com seu carinho e lembrei de um tempo
Porque o passado me traz uma lembrança
Do tempo que eu era criança"
Tô com saudade. Essa palavra sexta ou sétima mais difícil de se expressar em outras línguas, mas que no mundo todo desprevine pessoas que perdem noites de sono e dias de vida pensando e repensando e se moendo e se doendo angustiadas com a falta da presença daquilo ou daquele ou daquela ou de todos ou de alguém. Tô com saudade do riso, do som da voz, da cor do dente, do fundo dos olhos, do brilho da lágrima, da unidade do abraço, da intensidade do momento. Tô com saudade do beijo, da língua, da saliva úmida e quente e convidativa, das mãos pornográficas escancarando a indecência daqueles inocentes desejos carnais. Saudade de não sei o quê. Do toque, da união das peles, do calor dos corpos, do copo de vinho e do maço de cigarros sob a luz da lua crescente-cheia ao som de Raimundos. Das palavas no ouvido sussurradas, do silêncio que dizia tudo. Saudade de você.

8 comentários:

Pequena Poetiza disse...

saudade é mesmo algo indesrítivel
a gente tenta traduzi-la
mas com mt insucesso
em cada um ela se manifesta de maneira ímpar e especial


bjos

Escriba Eventual disse...

esse texto está lindo!!!

Darlan disse...

Lindíssimo, anderson! Um texto intenso, na medida certa.

Só trocaria Raimundos por algo melhor... hahaha

Abraço!

Porque? disse...

AMAY ESSE TEXTO. Muito mesmo, cara! Achei excitante e verdadeiro e puro e muitos 'e' :} Sem fôlego para comentar, mesmo. Amei .

Paulinho disse...

LINDO texto!

A saudade tbm me inunda, estou morrendo de saudade de minha mãe e meu irmão *.*
Ah essa coisa de vinho e tal... ah dérson faz isso não, me faz lembrar que não tenho alguém pra viver momentos assim, mesmo que seja soh pra sentir saudade depois!
Eu trocaria Raimundos por Rita Lee!

Diana M. disse...

Saudade...
escrevi sobre ela dias atrás e morro por ela hoje!

Pequena Poetiza disse...

fazendo alusão ao seu post
to com saudades de suas visitas
e de seus posts

bjos

Pequena Poetiza disse...

por onde anda vc moço?