sábado, 28 de fevereiro de 2009

Mesmo se

"Já que você não está aqui
O que posso fazer
É cuidar de mim"

Eu posso acordar, te dar um beijo de bom dia e dizer que te amo, mesmo se você estiver longe. Eu posso fazer um café forte pra nós dois, abrir a porta, olhar o chão laranja de sol e te dizer que o dia está lindo, mesmo se você estiver longe. Eu posso sair e comprar um presente e voltar e te entregar e dizer que achei a sua cara e esperar o seu sorriso bonito brotando entre os lábios, mesmo se você estiver longe. Eu posso ter ataque de ciúme e perguntar quem é aquela e ter raiva de você, mesmo se você estiver longe. Eu posso te abraçar e pedir desculpas e voltar a te amar como nunca, mesmo se você estiver longe. Eu posso arrumar a sala e colocar o seu filme preferido pra vermos juntos, mesmo se você estiver longe. Posso estourar pipoca e te levar no sofá, encher seu copo de Coca-Cola ou guaraná e perguntar o que mais você quer, mesmo se você estiver longe. Posso fazer o almoço e prometer que lavo a louça enquanto você cochila, e depois ir te acordar com um beijo e perguntar se descansou, mesmo se você estiver longe. Eu posso te ouvir a tarde toda me contando suas neuras e pedindo meus palpites inúteis mesmo se você estiver longe. Eu posso te dar parabéns no seu aniversário ou na sua promoção, te convidar pra uma volta ou um jantar, mesmo se você estiver longe. Posso te dar flores ou chocolates quando eu quiser, posso pedir um pouco da sua atenção, posso te ler um poema e te chamar pra festa surpresa de algum melhor amigo, mesmo se você estiver longe. Posso te dar o meu beijo mais quente, ou meu carinho mais gentil, te dizer as palavras mais doces ou mais eróticas ao pé do ouvido e te ver arrepiar-se e sorrir, mesmo se você estiver longe. Eu posso te chamar pra cama e usar o seu perfume favorito, e depois, com a sua porposital demora, me irritar e mudar de idéia e bater a porta ao sair e ver você vindo atrás de mim, mesmo se você estiver longe. Posso andar mais devagar até você me alcançar e te abraçar antes de qualquer palavra e posso voltar contigo pra casa no meio da rua de mãos dadas no escuro banhado de lua, mesmo se você estiver longe. E posso abrir a porta às pressas, com suas mãos na minha cintura e rir com você da minha idiotice e corrermos juntos para o quarto e nos jogarmos na cama e eu te dizer te amo boa noite durma bem, mesmo se você estiver longe, mesmo se você não estiver aqui. E você não está.

8 comentários:

Paulinho Cajé disse...

Mesmo se você estiver longe, eu posso te abraçar e dizer que te adoooro muito e que seu texto é de tirar o fôlego!

Evandro Varella disse...

Claro que sei meu amigo! Prazer em receber tua visita! Saiba que agora além de amigos no Last.fm, agora o somos por aqui tb!
Abração
Vavá

William De Lucca disse...

eu sempre estou aí,
dentro de você.

Láine disse...

Amei suas palavras...
Poéticas, profundas, verdadeiras, simples e por isso preciosas..
Parabéns!

Rejane disse...

Amei.

Anônimo disse...

Você sabe usar as palavras e fazer com que o leitor sinta o que você quer que ele sinta, meus parabéns, é lindo o que você faz, é inspirador, faz refletir e pensar, não importa a distância, somente o amor a sentir.. AMEI s2

Eliane disse...

LINDO AMEI.

elza aires disse...

hospedagem de sites