domingo, 1 de fevereiro de 2009

Canção da Alegria

De onde vem tanta alegria? Por que ela não tem meu endereço? Por que ela não chega aqui, no meu canto? Ela tem medo de água? Ela tem medo de vento? Ela não sabe nadar? Ela não chega na minha ilha, por quê? Ela tem medo da gente que não sabe ser feliz. Ela tem medo dos que querem, mas não conseguem. Ela se esconde de quem a procura. Ela se esconde de quem precisa, de quem não a encontra em qualquer lugar. Ela está de férias numa praia longe, num dia de sol e música alta, se bronzeando e tomando água de coco. Ela tem medo de quem pensa muito, em medo de quem chora muito, tem medo de quem precisa entender muito, tem medo dos que ão tem nada. Ela tem medo dos que precisam se recolher, dos que precisam continuar em seus antos escuros ouvindo suas músicas tristes e calmas em som baixo quase sussurrado. Ela tem edo do escuro, tem medo dos que se guardam. Ela tem medo dos que tem medo.

2 comentários:

Paulinho Cajé disse...

Volta e meia ela passa por a gente. Nós é que não sabemos fazê-la ficar, deve ser muito difícil, neh?!
Olha, quando ela passar aew, manda ela dá um pulinho aqui!


Abraço!

Jo'ce Oliveira disse...

As vezes ela passa..
e realmente não a vemos...
mas de algum modo ela fica em um cantinho da gente; mesmo que estejamos com medo*
Gostei muito de tudo aqui*

beijos"